Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

quarta-feira, 21 de junho de 2006

Confesso… Ouvi o relato!

Não saí mais cedo, não fiz gazeta no trabalho, mas a verdade é que a curiosidade foi muita e tive que recorrer às emissões de rádio online para ouvir o jogo de Portugal. E eu, que nem ligo a futebol...

E quando, aos 10 minutos, comecei a ouvir, fiquei logo espantada com o resultado: 1-0 para Portugal!!

É engraçado como os comentadores/”relatadores” enfatizavam as qualidades dos jogadores portugueses, epitetando-os (passe o neologismo) até de “super”! Super-Ricardo, Super-Maniche, etc., etc. Depois do segundo golo chegaram a dizer que o México estava desarmado e que não conseguiria dar a volta ao resultado. Minutos depois… GOLO!

Mas, como bons comentadores que se prezem, apressaram-se a dizer: “Realmente, eu não sou bruxo, mas já estava adivinhar. O jogo do México destes últimos minutos fazia prever o golo. Este é o México que conhecemos, sempre pronto a dar a volta ao jogo!”. Sem comentários.

Confesso que fiquei mais feliz com o golo de Angola do que com os golos portugueses (já que nós tínhamos a passagem assegurada), e rezei para que Portugal ou Angola marcassem mais um golo, para termos mais uma equipa de língua portuguesa nos oitavos de final. Para além de metade das minhas costelas terem proveniência angolana… Esperanças deitadas por terra com o golo dos iranianos…

Pelo que percebi pelo resto do jogo, não foi assim tão fácil manter a vantagem, valeu-nos a falta de pontaria do mexicano que falhou o penalty…

Parabéns tugas. Estamos lá.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home