Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

quarta-feira, 19 de julho de 2006

Faixa escondida*



Talvez por não saber falar de cor, imaginei
Talvez por saber o que não será melhor, aproximei
Meu corpo é o teu corpo, o desejo entregue a nós... Sei lá eu o que queres dizer.
Despedir-me de ti, "Adeus, um dia, voltarei a ser feliz."

Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor, não sei o que é sentir.
Se por falar, falei... Pensei que se falasse era fácil de entender.
Talvez por não saber falar de cor, imaginei.

Triste é o virar de costas, o último adeus, sabe Deus o que quero dizer.
Obrigada por saberes cuidar de mim, tratar de mim, olhar para mim...
Escutar quem sou... E se ao menos tudo fosse igual a ti...
É o amor que chega ao fim. Um final assim, assim é mais fácil de entender...

Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor, não sei o que é sentir.
Se por falar, falei... pensei que se falasse era fácil de entender.


*Obrigada, Joana, por mais uma descoberta deliciosa...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home