Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

segunda-feira, 23 de outubro de 2006

Diz que...

Li isto por aí, e achei que devia partilhar:

"Todos os dias ao sair de casa dou de caras com um anúncio que me deixa logo mal disposta até aí às três da tarde. É da clínica Persona e tem esta brilhante tirada publicitária: "os homens não gostam de celulite". É que,de facto, era este o agumento que me faltava para eu pôr fim à celulite que se instalou no meu rabo sem qualquer espécie de permissão.

Eu até gosto de ter celulite, adoro!, faço os possíveis por ter sempre mais e mais... ah, mas espera lá, se os homens não gostam, então eu vou já pagar um tratamento de 500 contos na Persona para ficar sem celulite!!

A sério, senhores que fizeram esta campanha, acham mesmo que este tipo de terror psicológico barato faz efeito numa mulher??? Se o anúncio dissesse "mulheres com celulite não entram na Zara", aí sim, era ver-me a correr para a Persona, primeiras, primeiras!

Agora, "vejam lá se tratam disso que os homens não gostam", temos pena, mas não pega!

Se formos a ver, também há muita coisa que as gajas não gostam, e nem por isso espalhamos outdoors gigantescos pela cidade. Sim, porque senão já estou a imaginar os possíveis anúncios:

- ELAS não gostam de pilas pequenas;
- ELAS não gostam de pêlos a mais;
- ELAS não gostam do resultado de "campeonato nacional+liga dos campeões+taça uefa+taça de Portugal";
- ELAS não gostam de sexo oral sofrível e insuficiente;
- ELAS não gostam que cocem os tomates (muito menos em público);
- ELAS não gostam (nem acham sexy) as barrigas de cerveja;
- ELAS não gostam de tampas da sanita levantadas;
- ELAS não gostam de ejaculação precoce;
- ELAS não gostam que cortem as unhas dos pés em cima da mesa da sala;
- ELAS não gostam de mãozinhas sapudas (e pouco hábeis);
- ELAS não gostam das amigas deles e das ex-namoradas, essas, nem falar;
- ELAS não gostam de slips nem de boxers com ursinhos;
- ELAS não gostam de atrasados emocionais;

Se os homens deste País se deparassem com estas publicidades, tentariam resolver algumas das questões apontadas? Não, pois não?

Então deixem lá mas é a nossa celulitezinha sossegada e não nos obriguem a andar com uma régua na mala!

Tenho dito."

Como diria a outra... "Gosto de ser mulher!" LOL!

6 Comments:

At segunda-feira, outubro 23, 2006, Anonymous Anónimo said...

já te disse que não vale a pena seres demasiado defensora das mulheres, o poder das mulhers não precisa de ser sempre re-afirmado...mas acho que é um mal geracional.

 
At segunda-feira, outubro 23, 2006, Blogger Náná said...

Meu caro Anonymous...

Estou totalmente em desacordo com essa ideia... Acho que as mulheres da minha geração (as miúdas, pronto!), são demasiado seguras de si para sentirem recalcamentos feministas!

Simplesmente achei o texto engraçado e irónico e decidi publicá-lo. Não me considero feminista, mas sim feminina. Nem tenho grandes problemas de celulite, graças a Deus (ou aos litros de água que bebo...). Defendo as igualdade de oportunidades, mas antes da mais, reconheço as diferenças!

Digo e repito: "Gosto de ser mulher".

PS - Os homens picam-se tão facilmente... Queres o contacto da Persona? LOL

 
At terça-feira, outubro 24, 2006, Anonymous Anónimo said...

É assim mesmo Naná!
Esse anonymous considera-se dono da verdade e que pode controlar a tua opinião e forma de agir ao dizer-te para não agires de tal forma.
O mal não é geracional, o mal foi as mulheres deixarem-se "levar" pelos homens com medo de levar um estalo só porque eles usão a força do músculo para nos subjugar.
ass: B-day

 
At quarta-feira, outubro 25, 2006, Anonymous Anónimo said...

Bem antes de mais é importante saber escrever, "usão"??? Afinal não precisam só da clinica persona...!!!

 
At quarta-feira, outubro 25, 2006, Blogger Náná said...

Anonymous... Não sejas mau... Às vezes há dislexias informáticas acidentais... (prontos, tás a ver?)

Mas não vás por aí...

 
At sexta-feira, outubro 27, 2006, Anonymous Anónimo said...

Obrigada Naná, pela defesa. O teu gesto demonstra, uma vez mais, que és realmente amiga do teu amigo.
A utilização do usão, foi intencional, um pequeno trocadilho verbal com um futuro não existente.
B-day

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home