Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

segunda-feira, 2 de outubro de 2006

Um mês

Correndo o risco de tornar o "Já te contei?.." uma seca, não posso de deixar de fazer uma reflexão (agora mais à distância) de um dos acontecimentos mais arrebatadores da minha vida: o meu casamento (o nosso, enfim...).

Há precisamente um mês atrás, fui inundada pelos sentimentos mais avassaldores que alguma vez passaram por mim. Não há dúvida que é um dia importantíssimo e inesquecível para qualquer mulher. Um dia que nos preenche e nos esvazia, nos acelera, nos faz tremer da cabeça aos pés, chorar, sorrir... A felicidade de ter todas as pessoas que adoras ao pé de ti, por tua causa e para estar contigo...

Mas há o outro lado. Há o que muda. No meu caso específico a mudança resumiu-se (em traços largos) à passagem da minha roupa das gavetas de casa dos meus pais para as gavetas daquela que há muito eu já considerava "a minha casa". Na verdade, há muito que estava casada. Há muito que partilhavamos objectivos, interesses, gostos, opiniões. Há muito tempo que construíamos o que temos hoje, e eu mal percebia.

Percebo agora, quando me perguntam: "E então, que tal é a vida de casada?"... Obviamente que um mês não será o espelho de uma relação que se presume para o resto da vida. Mas se fosse sempre igual ao primeiro mês, seria fantástico (pronto, mesmo sem os dez dias nas Maldivas - também não pode ser sempre!). Pelo menos tem sido muito parecido aos últimos anos, o que me parece um bom presságio!

Saldo positivo.

1 Comments:

At segunda-feira, outubro 02, 2006, Anonymous Anónimo said...

O primeiro casamento de uma grande amiga... mas sera sempre, sem duvida alguma, o + especial (o + aguardado :) )... ontem a noite tentei aguentar-me ate a meia noite...nao consegui...mas, a primeira coisa que fiz hj foi enviar-te uma mensagem... Que feliz que estou por ti, por voces... Parabens amiga!! Um beijo gd da "casi ex-madrileña" :) **

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home