Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

terça-feira, 3 de outubro de 2006

O túnel

E eis que, depois de 7 longos anos, se vê, literalmente, a luz ao fundo do túnel. Mas que não se pense que é um graaaaande túnel... é um "tunelzinho"!

Refiro-me ao Terreiro do Paço e das infindáveis obras (há quem diga que já se pretende mudar a expressão "obras de Santa Engrácia" para "obras do Terreiro do Paço") empreendidas para expandir a rede de metro até Santa Apolónia.

Depois de terem desviado o percurso dos transeuntes cerca 7548 vezes, e mais umas 653 vezes no que respeita aos carros, esta semana encaminharam os carneiros (nós, os transeuntes - gosto tanto desta palavra) para um túnel. "Aaaaahhhh", foi a reacção geral. Um transeunte (desculpa, mas é que gosto mesmo da palavra!!) mais animado até gritou uns "vivas" e simulou um passo de dança que fazia lembrar qualquer coisa entre o Prince e o Bonga... um pagode! (Não, não foi nenhum dos senhores da fotografia).

E lá fomos (mééééééé) até ao outro lado do túnel. Enfim,até podes pensar que foi uma grande caminhada... Desengana-te. Uns meros 200 metros (com a devida margem, porque eu sempre fui péssima para calcular distâncias), que nos levam da saída do barco - antiga estação dos cacilheiros - até às primeiras arcadas do Terreiro do Paço.

E o povinho (e estou tentada a incluir-me na categoria) ficou maravilhado! Aquele mármore até fez esquecer os dias chuvosos e enlameados em que nos faziam dar a volta ao Campo das Cebolas, passar por dentro de Ministérios... enfim, águas passadas.

Falta agora o metro, porque na verdade, trata-se apenas de uma passagem que fica por baixo daquela que já foi uma das passadeiras mais atravessadas de Portugal e arredores ;) Nada mais... Esperemos.

1 Comments:

At quarta-feira, outubro 04, 2006, Anonymous susa said...

epa, tenho de experimentar esse maravilhoso túnel...
o que eu ando a perder por viver em lisboa e já não andar de barco... bjos

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home