Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

sábado, 24 de março de 2007

The departed, isto é, entre inimigos

Um agente da polícia (Leonardo DiCaprio) infiltrado num gang criminoso, e um membro de um gang criminoso (Matt Damon) infiltrado num departamento de investigação da polícia. A estas duas personagens junta-se um criminoso (Jack Nicholson) que por sua vez é informante do FBI. Ingredientes que, por si, já dão uma grande história... ou não!

Ou eu sou muito lerda, ou há ali muitas incongruências ao nível do encadeamento das cenas. Gosto de filmes nos quais a certa altura já não se percebe nada, mas é giro quando no final acabamos por entender tudo... Não é o caso.

Certos pormenores perdem-se sem que o seu sentido se descubra, nomeadamente (para quem viu), a carta que ele entrega à psiquiatra. Serviu para quê? A certa altura pensa-se que o seu conteúdo (que até então era desconhecido e acabou por nunca ser revelado) iria desvendar toda a trama...

Para além disso, o que é mais original - e vou ser desmancha prazeres - é que no final TODOS morrem, bons e maus!!

À semelhança dos que são duros de ouvido em relação à música, parece-me que eu sou dura de olho (e, quem sabe, de cabeça) e acabei por não perceber muito bem porque é que a Academia deu a este filme a estatueta de "Melhor Filme"...

Mas isso, sou eu...

Etiquetas:

2 Comments:

At terça-feira, março 27, 2007, Blogger Filipe Roque said...

Dou-te razão no "complicadex" do filme, mas só pelo facto de surpreender já merece louvores, porque nos dias de hoje estou farto de filme previsiveis. Há filmes, até dramas, que só ao fim de ver 2 ou 3 vezes é que se entendem todos os detalhes... Gostei muito do filme. Vi-o em espanhol quando em Madrid (não imaginas a voz do Di Caprio) e em DVD em casa, mas continuo sem entender a carta.

O Nicholson em papeis de mau é incrivel! Acredita-se mesmo! E a parte em que morre tudo de forma tão simples no elevador! Surpresa!

Diz-me que é melhor um filme do Seagal ou do Chuck Norris? Esses filmes de acção faceis e que sem ver já se sabe o final...

 
At quarta-feira, março 28, 2007, Anonymous Sandra said...

É verdade, filme acabou e eu continuei à espera que falassem da carta...
Acho que era daquelas coisas que tinham que fazer, o caprinho não ia ser burro ao ponto de se encontrar com o daminho sem qualquer garantia... Como acabaram por morrer os dois e tudo se soube a p*** que os papou aos dois já não precisou de revelar o segredo.
Serve???
Mas também fiquei a pensar que se o Scorsese tivesse visto o final do filme teria cortado a cena da carta......

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home