Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

domingo, 6 de maio de 2007

London adventure

Agora que já recuperei as horas de sono, consegui arranjar um bocadinho para actualizar o "Já te contei?..." e para te fazer um resumo (alargado) da minha mais recente viagem.

Cedo percebi que iam ser umas férias caras quando, ainda no aeroporto de Lisboa, tive que pagar pelo excesso de peso da bagagem. É lógico que tinha que levar vários modelitos com malas, sapatos e botas a condizer, pelo que, ainda antes de chegar ao país das libras, já estava a desembolsar. E só não desembolsei mais porque me recusei a pagar 1,60€ por UMA MAÇÃ (!!!) no bar do aeroporto!

Na manhã seguinte acordámos com o sol a bater na janela (quando digo manhã, quero dizer aí umas 6h00 da manhã!). Um sol fantástico que disfarçava os 8 graus que se faziam sentir.

A meio da manhã a temperatura aumentou e à hora do almoço o termómetro devia marcar uns 23 graus. O primeiro dia foi reservado para o baptizado do meu afilhado (que tem as bochechas mais lindas do mundo!). Só no segundo dia (domingo) é que nos aventurámos pelo universo do London Tube (please, mind the gap) e, a partir de Piccadilly Circus, fizémos o nosso passeio de "ver as vistas" (I mean, sightseeing).

Na segunda-feira esperava-me uma longa caminhada. Tendo como ponto de partida a estação de metro de Victoria, começámos no palácio de Buckingham a ver o render da guarda, seguido de um passeio pelo St. James' Park até Trafalgar Square.

Depois da foto da praxe junto aos Leões, seguimos para Picadilly Circus, China Town, Covent Garden até St. Paul's Cathedral (neste momento as minhas pernas já tremiam de tanta tensão muscular). A seguir, já de metro, fomos até à Torre de Londres, vimos a Ponte da Torre (Tower Bridge) e a paragem seguinte foi em Knightsbridge para um (curstíssimo) passeio no Harrod's (pudera, com aqueles preços proibitivos, nem valia a pena ficar por muito mais tempo, até porque os meus pés já gritavam "Help!"...).

A terça-feira começou no Museu de História Natural (recomendo vivamente!) - "And", que pena não nos termos encontrado, mas como não consegui ver o museu todo, terei que voltar aí e estou certa de que nos encontraremos. De qualquer forma, ADOREI - que, à semelhança de muitos outros em Londres é "à borliú"!

O London Eye foi a paragem seguinte (uma vista deslumbrante sobre a cidade) e mesmo ao lado, na County Hall Gallery, assisti a uma exposição fantástica de Salvador Dalí (já o considerava um génio, agora sou ainda mais fã - só me falta ir ao MoMA para ver ao vivo e a cores "A Persistência da Memória"...). Acabámos a tarde em Oxford Street... a fazer umas comprinhas (comprinhas é a expressão correcta), pois claro! À noite ainda demos uma passeio por Notting Hill e Portobello Road, mas (surpresa!) a essa hora não havia mercado (nem encontrei o Hugh Grant)!

Quarta-feira só voltávamos para Portugal depois do almoço, pelo que, para aproveitar a manhã, decidimos... ir a Oxford Street! Desta vez para umas compras bem mais interessantes... (LOL!). Se à ida havia excesso de peso da bagagem, no regresso, as duas malas que foram, transformaram-se em quatro!!

O pior, quando se viaja, é que o regresso é certo. Por mim, ficava mais... uma eternidade! (enfim, com a conta bancária mais recheada...). Agora estou à espera da próxima, que, pelos meus planos, terá sotaque francófono (ainda sem data prevista)... Inch'Allah!

Saí do país da chuva em t-shirt e cheguei ao país do sol de gabardina vestida... Isn't it ironic?...

1 Comments:

At terça-feira, maio 08, 2007, Blogger andreia said...

realmente foi uma pena nao nos termos encontrado... mas... como parece que ficaste fascinada por este cantinho do mundo fica a promessa de te mostrar os bastidores do museu na proxima visita :)
bjos enormes

ps- eu ainda nao fui ao london eye nem 'a exposicao do Dali!!! que saudades dos meus tempos de turista em londres :)

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home