Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

quarta-feira, 22 de novembro de 2006

Como foste capaz?...

Agora que já passaram uns dias e já consigo falar no assunto (ainda que com muita mágoa), tenho algumas coisas para te dizer:

Não foi justo o que me fizeste. Casaste com a outra sob o olhar do mundo inteiro! Não fizeste por menos e reservaste um castelo medieval perto de Roma... Achas que era preciso isso tudo?! Achas que ninguém ia saber que ias casar com essa Katie destemperada? Só porque a engravidaste??? Hoje já não se casa só por isso... Eu até assumia a miúda, eu disse-te, mas tu, com essa mania das coisas certas que aprendes nessa igreja manhosa... Humpf!!

Eu sei, eu sei que me casei primeiro, mas precisavas vingar-te assim à grande?! Eu ao menos casei numa Quinta discreta em Azeitão, e fiz a coisa por menos de metade dos convidados que tu tiveste!

Assim como assim, nunca aparecias! "Ah, agora estou a filmar em Los Angeles e prá semana vou pra Londres, não vai dar para ir aí"... pois, pois! O que é que querias? Uma mulher não é de ferro!

Ainda por cima, fazes um acordo pré-nupcial onde dizes que lhe dás 5 milhões de US Dólares se a traíres no primeiro ano de casamento! Olha, por mim, nem no primeiro ano, nem no segundo, nem para o resto da eternidade!!! Se tinhas esperanças que eu te perdoasse depois do primeiro ano, tira o cavalinho da chuva! Deves achar que eu sou dessas...

E depois ainda vens com mensagens subliminares nos filmes, a dizeres "I love you" e "I can't live without you" e "you are the most wonderful woman I've ever known"... (and so on, and so on...) a olhar para a câmara e a piscar-me o olho pelas costas das actrizes com quem contracenas... eu bem sei que é para mim, mas fica sabendo que agora "tou nem aí"!

Nem que venhas a rastejar! Aposto que vou ser bem mais feliz que tu!


PS - Despeito à parte, ficarás sempre na minha lista dos "How wonderful it would be if"... One never knows...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home