Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

quarta-feira, 15 de novembro de 2006

Magusto

Celebrou-se este fim-de-semana o dia de S. Martinho.
Deve ser das lembranças mais antigas que guardo ainda hoje.

O meu pai sempre fez questão de comemorar este dia, sobretudo porque é uma forma de festejar o aniversário da minha avó, que faria anos nesse dia, se fosse viva... Este ano não foi excepção, ainda que nada tenha a ver com os magustos de outros tempos…

Recordo-me que, desde muito nova, o magusto era um motivo de festa em toda a vizinhança. Juntavam-se os vizinhos mais próximos no quintal dos meus pais, ou no quintal dos vizinhos “pitróleiros” (um ano em cada sitio) e o ritual repetia-se: espalhava-se a caruma pelo chão e colocava-se uma camada de castanhas (que tínhamos cortado previamente - sim, as crianças também cortavam – e depois!? Fazia parte!) e sal por cima; cobria-se novamente com mais caruma, e ateava-se o fogo.

Para nós, era a parte mais animada da noite! Ver aquela fogueira, ouvir as castanhas a estalar, parece que ainda estou a ouvir esse som... Depois era só esperar que arrefecesse um pouco, afastar a caruma, apanhar as castanhas a escaldar e deliciarmo-nos com aquele manjar dos deuses, banhado com agua pé (ok, no nosso caso, com Coca-Cola…).

Invariavelmente acabávamos a noite com as caras pretas, das dedadas que dávamos uns aos outros, com as mãos sujas de mexer na caruma queimada.

Era quase sempre uma noite fria, aquecida pelo fogo e pelas gargalhadas acesas que vinham com as anedotas do final – mesmo que não soubéssemos bem porque é que os mais velhos se riam tanto de coisas que não percebíamos bem...

Enfim… Não deixava de ser um bom pretexto para ir para a cama mais tarde...

4 Comments:

At quarta-feira, novembro 15, 2006, Anonymous Anónimo said...

embora os espanhois com quem falei nao conhecessem esse costume, nao podia deixar passar tal dia, na mansao de arturo soria tb se festejou o sao martinho... que bom, que agradavel e que saudades de ser criança!! :)

 
At quarta-feira, novembro 15, 2006, Blogger Eu said...

Lindo !!!

Boa imagem para o baú das recordações .

Mas era o teu Avô que fazia e não o teu Pai :)

Queres uma fruta ?

Bjos

 
At quarta-feira, novembro 15, 2006, Blogger Náná said...

Lembras-te???!!! Claro que te lembras! Tu sabes o quanto era giro. Também fazias parte!!

A parte da fruta preferi não contar, porque isso são outras histórias... talvez dê para outro post!

E era a mãe do meu "avô" que fazia anos... a minha "Bisavó"... LOL!

Esqueci-me de contar que às vezes íamos jogar à "meia-noite", quando não nos distraíamos à procura da coruja... Foram tantas coisas... É por isso que somos ricos!

Um beijo, irmão.

 
At sexta-feira, novembro 17, 2006, Anonymous Sofia (8008) said...

Uma imagem muito bonita ;)

Beijinho

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home