Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

quarta-feira, 29 de novembro de 2006

E se de repente…

… os semáforos bloqueassem todos no amarelo?!... Foi o que aconteceu um dia destes, num largo bastante movimentado aqui perto.

Detive-me deliciada a observar as reacções: num primeiro momento, a estranheza, a incredulidade, a espera. Não tardou a impaciência – sobretudo dos segundos e terceiros e quartos (…) da fila – e as buzinadelas.
Ao mesmo tempo, o receio de avançar dos que estavam junto ao semáforo. Passados alguns (muitos) segundos, alguém teve que tomar a iniciativa de avançar. Aliás, vários tomaram a iniciativa de avançar. E por momentos gerou-se o caos.

Ao mesmo tempo que soltei algumas gargalhadas interiores, não pude deixar de fazer um paralelismo com a vida real. Porque acontece. Porque há muitos sinais amarelos que nos detêm e nos impedem de avançar, por receio, por precaução, por insegurança. A vida não é a verde e vermelho (passe a adaptação cromática). Nem sempre se tem a certeza se se deve ir em frente ou ficar parado. Quase sempre há alguém atrás, que nos buzina, que nos empurra, mas que nem sempre é suficiente, porque o caos é assustador. Por vezes, a vida também é a amarelo…

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home