Já te contei?...

Porque há coisas que às vezes ficam por contar...

quinta-feira, 17 de maio de 2007

Psicologia

Há uma teoria que defende que a melhor forma de quebrar o gelo com alguém é através da demonstração de interesse por um assunto que para si seja estimulante, ou que essa pessoa domine (desde a receita de mousse de morangos, passando pela questão do emprego a nível nacional, ou até pelas instalações da rede de cabos de electricidade ou telecomunicações via satélite), ainda que não se perceba muito sobre a matéria. Aliás, a sensação de que nos está a transmitir informação nova e interessante é essencial para que se aproxime (mentalmente) de nós e nos confira um estatuto de bom interlocutor.

E se alguns destacam a minha capacidade para falar, muitos outros realçam a minha qualidade de boa ouvinte (é apenas uma de entre as inúmeras qualidades que possuo, encabeçadas pela modéstia, claro), o que me tem sido útil, não no sentido do uso interesseiro dessa característica, mas porque ouvindo muito aprendo mais. E há sempre qualquer coisa de interessante que se pode aprender numa simples conversa de ocasião!

Dessa forma, ainda que só me tenha apercebido depois, quebrei o gelo com uma das pessoas com quem trabalho há quase dois meses e com quem mantinha apenas diálogos reduzidos e de carácter estritamente profissional, na sequência de um simples pedido de opinião para o investimento da minha fortuna pessoal (a qual não divulgo porque não caberiam tantos algarismos neste espaço).

E hoje a conversa já foi diferente… Diz que a psicologia ajuda.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home